Como está o seu consumo de bebidas alcoólicas na quarentena?

Tempo de leitura 2 min

Desde que o isolamento social começou, tornaram-se ainda mais comuns postagens nas mídias sociais de pessoas consumindo bebidas alcoólicas ou fazendo menção a isso. Para muitas pessoas, a bebida de fim de semana foi, aos poucos, se estendendo para os dias úteis. Uma pesquisa do G1 mostrou que no Rio de Janeiro a venda nos supermercados já ultrapassou períodos de pico como o carnaval.

Como ainda não temos previsão de quando esse período dentro de casa vai acabar, surge a preocupação com o consumo excessivo de bebidas alcoólicas na quarentena, pois segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) o álcool reduz a imunidade e pode prejudicar a saúde física e mental das pessoas.

A OMS também afirmou que o movimento deveria ser contrário: as pessoas deveriam diminuir o consumo de bebidas alcoólicas durante a pandemia, pois além de elevar os riscos de doenças em geral, elas também podem estimular comportamentos de risco e até mesmo a redução das precauções necessárias contra a transmissão do coronavírus.

Apesar de um efeito imediato de relaxamento, o álcool não pode e nem deve ser a sua melhor forma de lidar com essa situação, por isso é muito importante encontrar outras formas de lazer, de ocupar o tempo e de relaxar que não sejam a bebida, como livros, filmes, brincar com os filhos, conversar com as pessoas que estão em quarentena com você ou até mesmo por vídeo com aqueles que estão distante.

A vida em casa precisa seguir a sua rotina cotidiana, então se você não consumia toda esta quantidade de bebidas alcoólicas antes da quarentena, por que fazer isso agora? Cuide da sua saúde física e mental, mantenha hábitos saudáveis e esteja alerta para que ao final de tudo isso, você esteja melhor do que quando começou!

Quem Escreve

Quiz Afine-se

Os seus hábitos falam por você

Assine nossa newsletter

Conteúdos exclusivos do maior site
de qualidade de vida do Brasil

Formulário enviado!

Em breve entraremos em contato.