Coronavírus no Brasil: como se prevenir?

Tempo de leitura 3 min

O Ministério da Saúde confirmou na última quarta-feira, dia 26, o primeiro caso de COVID-19, a infecção viral pelo coronavírus, no Brasil. Trata-se de um homem de 61 anos que mora em São Paulo e viajou para a região norte da Itália, de 9 a 21 de fevereiro. O homem estava assintomático e depois de alguns dias procurou o serviço de saúde com sintomas respiratórios. 

De acordo com o Hospital Albert Einstein, o homem encontra-se em bom estado clínico, com sinais brandos da doença e por isso está em isolamento domiciliar, pois não há necessidade de internação.

O coronavírus é conhecido desde 1960. A doença provocada pelo novo coronavírus, chamada de Covid-19, está sendo investigada, mas apresenta gravidade moderada a leve, segundo o Ministério da Saúde. Os principais sintomas da doença são: febre, tosse seca e cansaço. Algumas pessoas ainda podem apresentar congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas geralmente são leves e começam gradualmente. Também há a possibilidade de ser infectado e não apresentar sintomas e não se sentir mal. 

Mulher utilizando álcool em gel para se higienizar
Higienizar as mãos regularmente contribui para a eliminação do vírus

Desde a confirmação dos primeiros casos na China, no fim do ano passado, além das notícias verdadeiras sobre o vírus, a internet está repleta de boatos acerca da epidemia. Mas a estimativa é de que 80% das pessoas se recupera da doença sem precisa de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas infectada pelo coronavírus fica gravemente doente e desenvolve dificuldades para respirar.

Como ainda não há vacina para o coronavírus é importante focarmos na prevenção e evitar a propagação da doença. Por isso separamos algumas dicas:

  • Higienizar regularmente as mãos com álcool gel 70% ou água e sabão;
  • Cobrir a boca e nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.
  • Fique em casa se não se sentir bem. Se você tiver febre ou dificuldade em respirar, procure atendimento médico.

É muito importante estar atento e manter-se informado sobre o coronavírus, buscar fontes confiáveis e informações oficiais das unidades de saúde brasileiras, além de não se deixar levar por pânico e desinformação.

Confira neste link uma entrevista com o Dr. Drauzio Varella sobre o assunto:

Quem Escreve

Quiz Afine-se

Os seus hábitos falam por você

Assine nossa newsletter

Conteúdos exclusivos do maior site
de qualidade de vida do Brasil

Formulário enviado!

Em breve entraremos em contato.