Depressão pode estar relacionada à má alimentação

Tempo de leitura 2 min

O nosso intestino tem ligação direta com o nosso cérebro e o mau funcionamento pode acarretar em mudanças significativas de humor e de sentimentos. Por isso há muito se estuda se a depressão pode estar relacionada à má alimentação.

Quando nos alimentamos mal, com grandes quantidades de açúcar, refrigerantes e alimentos processados, os excessos de ácidos graxos saturados e de açúcares podem formar uma camada permeável no nosso intestino, chamada de disbiose intestinal, que está associada às citocinas inflamatórias, causando uma inflamação do intestino.

Pela ligação intestino-cérebro, essa inflamação intestinal pode acometer o cérebro e levar uma pessoa a desenvolver um quadro de depressão. Aqueles que já apresentam a doença, podem vê-la se intensificar.

O excesso de alimentos processados e com muito açúcar pode levar à depressão

O que fazer para mudar esse quadro?

Suplementar algumas vitaminas e minerais pode ajudar a reverter o quadro de inflamação intestinal e, assim, diminuir os efeitos da depressão.

-Ômega 3: excelente anti-inflamatório para ser utilizado nesse processo. Entretanto é necessário verificar a procedência desse suplemento e as quantidades de EPDHA* que podem mudar dependendo da marca;

– Vitamina D: tem capacidade de estimular as células que estão associadas ao combate dessa inflamação intestinal;

-Probióticos: um dos suplementos que mais trazem benefício para a flora intestinal. Pode ser consumido mesmo sem nenhuma alteração ou inflamação;

Mas é importante ressaltar que para ter bons resultados, esses suplementos devem estar associados a uma alimentação saudável, livre ou com menos consumo de açúcares, industrializados, gorduras e refinados. O ideal é optar por alimentos in natura e minimamente processados, como frutas, legumes, verduras, carnes magras, carboidratos bons, gorduras boas, grãos, leguminosas e cereais.

Agora que você já sabe que a depressão pode estar relacionada à má alimentação, é importante ressaltar que mesmo que hábitos saudáveis tenham papel significativo nas melhoras de humor e de quadros de transtornos mentais, é importante fazer o acompanhamento com um psicólogo e psiquiatra. A nutrição é uma ferramenta e um meio de tratamento de patologias e doenças psíquicas e físicas, porém não descartamos a necessidade do acompanhamento de outros profissionais da área da saúde.

Quem Escreve

Quiz Afine-se

Os seus hábitos falam por você

Assine nossa newsletter

Conteúdos exclusivos do maior site
de qualidade de vida do Brasil

Formulário enviado!

Em breve entraremos em contato.