Doenças típicas da obesidade

Tempo de leitura 3 min

É cada vez mais comum nos depararmos com pessoas muito acima do peso e, reflexo do eu foi divulgado pelo Ministério da Saúde de que os índices de obesidade no Brasil já são considerados uma epidemia que afeta mais da metade da população, devido ao aumento do consumo de gorduras saturadas e de açúcar. 

Mesmo que parte da população esteja vivendo a era fitness que muda alguns hábitos de forma positiva, uma parcela significativa de pessoas estão nutricionalmente desequilibradas e correndo sérios riscos de saúde devido às consequências que o excesso de gordura corporal desencadeia na saúde. Algumas doenças típicas da obesidade podem ser fatais e, por isso, devem ser evitadas através de uma mudança na qualidade de vida e perda de peso.

Uma das principais doenças que surgem com o alto consumo de alimentos contendo sódio e gorduras saturadas é a hipertensão. Considerada silenciosa, ela se agrava com o sedentarismo e a falta de atividades físicas que comprimem os vasos sanguíneos causando o aumento da pressão e pode ser 2,5 vezes mais frequente em obesos do que em pessoas com o peso normal. O risco diminui em 13% com a perda de 5% do peso corporal.

Allergic Asthma Symptoms, Treatment. Sports and allergy.

A diabetes tipo 2 é outra doença que pode ser desencadeada pela obesidade. Cientistas da Universidade de Nápoles revelaram que a mudança para uma alimentação mais saudável reduzia as taxas de glicose em adultos recém diagnosticados em 56%. Uma rotina alimentar de baixo teor calórico em conjunto com a prática de atividade física também pode diminuir os casos de colesterol alto, e, dessa forma, o desenvolvimento de pedras na vesícula biliar também poderia ser evitado.

Pessoas obesas que conseguem perder 10% do peso, conseguem reduzir em 25% as chances de desenvolver a apneia do sono, que pode causar paradas respiratórias enquanto dormimos. Já no caso da asma, a diminuição do índice de massa corporal melhora a função pulmonar e diminui as crises, além de trazer uma redução nos medicamentos usados em seu tratamento. 

É importante destacar que prevenir a obesidade é a melhor alternativa para evitar futuros problemas de saúde, portanto, abandone os maus hábitos alimentares e estabeleça uma rotina de horários para as suas refeições, dedique um tempo para atividades físicas, durma de sete a oito horas por noite para manter uma boa qualidade de vida.  

Quem Escreve

Quiz Afine-se

Os seus hábitos falam por você

Assine nossa newsletter

Conteúdos exclusivos do maior site
de qualidade de vida do Brasil

Formulário enviado!

Em breve entraremos em contato.